ProdutoMontBlancVascodaGamaMontBlancO diário de viagem de Vasco da Gama na expedição de descoberta do caminho marítimo para as Índias (1497-99) será digitalizado com patrocínio da Montblanc. Conhecido como “Roteiro”, o diário pertence ao Museu Marítimo de Portugal, onde é exibido regularmente. Após a digitalização, serão feitas 1500 cópias, em Português e Inglês. A equipe responsável pelo trabalho espera que ele esteja concluído até setembro deste ano.
Montblanc tornou-se apoiadora do projeto ao lançar esta semana, no Salón International de la Haute Horlogerie, em Genebra, a sua nova coleção de relógios Heritage Chronomètrie, inspirada na viagem do navegador português.
O principal modelo da nova coleção – o ExoTourbillon Minute Chronograph Vasco da Gama – é limitado a 60 peças. Feito com refinamento artesanal na Manufatura Montblanc da Suíça tem a caixa de ouro branco com 44 mm de diâmetro e pulseira de couro de crocodilo preta, com fivela de ouro branco.
A parte superior do mostrador, em azul escuro, é uma emulação da noite estrelada que guiou Vasco da Gama no Hemisfério Sul. Um diamante patenteado com a forma da célebre estrela Montblanc brilha da posição das 12 horas. O guilhoche em forma de onda, desenhado no estilo flinqué e revestido com pintura azul, posicionado centralmente em um tipo de ponteiro no visor de data remete ao nocturlabium (o relógio estrela), que foi um dos instrumentos de navegação a bordo da nau São Gabriel, capitaneada por Vasco da Gama. O nível inferior do mostrador é acetinado e revela a complexa construção do ExoTourbillon às 6 horas.
O painel de cristal de safira no verso da caixa é adornado com um esboço do histórico São Gabriel e com a assinatura de Vasco da Gama. A limitação a 60 exemplares é uma referência à tripulação de 60 homens a bordo do São Gabriel.