INFINITA LOOKBOOK VERÃO 2016 FOTO SÉRGIO DE REZENDE - IMPRENSA (2)INFINITA LOOKBOOK VERÃO 2016 FOTO SÉRGIO DE REZENDE - IMPRENSA (3)INFINITA LOOKBOOK VERÃO 2016 FOTO SÉRGIO DE REZENDE - IMPRENSA (5)INFINITA LOOKBOOK VERÃO 2016 FOTO SÉRGIO DE REZENDE - IMPRENSA (7)INFINITA LOOKBOOK VERÃO 2016 FOTO SÉRGIO DE REZENDE - IMPRENSA (4)INFINITA LOOKBOOK VERÃO 2016 FOTO SÉRGIO DE REZENDE - IMPRENSA (8)

Quando se fala em “feminino”, o que vem à mente das pessoas são atributos ligados às mulheres, como o vestido, o batom, o esmalte e outras características relacionadas ao  gênero. Porém, na concepção psicanalítica, esse conceito vai além da anatomia do corpo e contempla tanto homens e mulheres. Está relacionado ao desejo inconsciente.

Como o trabalho da grife Infinita é intrinsecamente vinculado ao campo analítico, para a coleção verão 2016 a inspiração vem do Enigma do Feminino. De forma sutil, a marca mineira transporta essas ideias para a moda ancorando-as nas roupas de festas.

Considerando o feminino como a pérola da psicanálise, a matéria-prima, preciosa e atemporal, ganha destaque nas cores natural, negras e coloridas. O preto conduz a narrativa, pontua toda a coleção, está presente não só na cartela e nas pérolas, mas em vários detalhes. Ao seu lado, aparecem os tons de magenta, verdes, coral, azul, vermelho, off white e branco.

As silhuetas são limpas e secas, mas não faltam saias amplas. Decotes valorizam colo e costas com destaque para as amarrações em tiras e trespassadas para os recortes.

Uma vez que a interpretação do feminino não se restringe a uma questão de gênero, a Infinita investe também nos smokings cortados em alfaiataria. Adornados com bordados em pedras, tornam-se perfeitos para ocasiões especiais, ao lado dos volumes e das cinturas marcados.

Florais gigantes, inspirados nas flores de crochê artesanal usadas pela Infinita desde sua primeira coleção, estampam as peças, assim como “ostras” em aquarela leve e suave. Bordados à máquina caseira, com linhas coloridas – recurso que já se tornou conhecido no estilo da marca -, enriquecem as roupas. Entre os tecidos, há os vazados, laise, renda, cetim duchaise, chifon, tafetá, tule e viscose.

Fonte: Salamandra Comunicação|Fotos: Sergio de Rezende

Anúncios