Café_Hugo_Gomes_Crédito_Daniel_Mansur06

Ambiente Café Foto Daniel Mansur

A mostra se atualiza com ênfase nos novos parâmetros para o setor: sustentabilidade e compromisso social

Reconhecida internacionalmente como o maior evento de arquitetura e decoração das Américas e o segundo maior do mundo, a Casa Cor nesta edição encampa a defesa da promoção do conjunto arquitetônico da Pampulha a Patrimônio Cultural da Humanidade. Esta é a quinta edição da mostra na região que concorre ao título.

Ao longo dos últimos 21 anos, a Casa Cor Minas contribuiu com referências importantes para a biografia da capital mineira, ajudando a fomentar o mercado de indústrias fornecedoras para o setor de arquitetura e decoração. Segundo Juliana Grillo, hoje cerca de 70% dos móveis e obras expostos são produzidos em Minas Gerais, resultado do grande esforço de incentivo ao desenvolvimento e uso da criação local. “Já tivemos mostras em que não havia nenhum móvel produzido no Estado. Então, podemos afirmar que nosso evento contribuiu para fomentar o setor em Minas, que hoje tem profissionais e indústrias premiados e valorizados não só no Brasil como no mundo”, declara.

Para o aspecto sustentabilidade a mostra adotou paredes multilaminares de concreto feitas a partir de restos reciclados de construção civil, que têm a dupla vantagem de não gerarem resíduos e poderem ser reaproveitadas em outras edificações. Também estão sendo utilizados pisos drenantes no passeio e no pátio da casa. Os dois últimos dias da Casa Cor Minas 2015, 5 e 6 de outubro, serão dedicados ao Special Sale, período em que o público poderá adquirir objetos, produtos e móveis expostos com descontos de até 70%.

Fonte: Link Comunicação Empresarial

Casa Cor Minas 2015 Período: 30 de agosto a 6 de outubro

Special Sale:  5 e 6 de outubro

Local: Avenida das Latânias, número 30, na Pampulha

Horário: de terça a sexta-feira: 15h às 22h

sábados: 13h às 22h

domingos e feriado: 13h às 19h

http://www.casacultminas.com.b

Café_Hugo_Gomes_Crédito_Daniel_Mansur08Café_Hugo_Gomes_Crédito_Daniel_Mansur10

Café

Hugo Gomes

O encontro do clássico e do contemporâneo marca o Café criado pelo designer de interiores Hugo Gomes para sua segunda participação na Casa Cor Minas. Sóbrio e aconchegante, o ambiente foi pensado a partir de sua funcionalidade. As cores escuras dão o tom, entre elas o laranja acobreado, considerado uma das tendências da próxima estação. Destaque para papeis de parede da Vescon, estofados Capitone, lustres de cristais, espelhos de bronze e os estofados feitos pela fábrica em cor especial para o projeto.

Box_16_Felipe_Soares_Crédito_Jomar_Bragança01Box_16_Felipe_Soares_Crédito_Jomar_BragançaBox_16_Felipe_Soares_Crédito_Jomar_Bragança02

Fotos Jomar Bragança

Box 16

Felipe Soares

Projetado pelo estreante arquiteto Felipe Soares para um loft de fim de semana, o Box 16 é uma moradia compacta, montada em um container de área total de 28 metros quadrados, mas possui todas as funções convencionais. Uma estante de 9 metros, projetada pelo próprio arquiteto, atravessa o espaço abrigando cozinha, mesa, lavabo, armário e biblioteca. Também levam a assinatura de Felipe o sofá, a cama e o banheiro, criados exclusivamente para o ambiente da Casa Cor Minas. O tratamento termoacústico foi feito em lã de pet, a partir do reaproveitamento de mais de 12 mil garrafas.

Casa_Vidro_Cristina_Menezes_Crédito_Jomar_BragançaCasa_Vidro_Cristina_Menezes_Crédito_Jomar_Bragança02

Casa_Vidro_Cristina_Menezes_Crédito_Jomar_Bragança01

Fotos Jomar Bragança

Casa de Vidro

Cristina Menezes

O lema da Casa Cor 2015 – O Brasil Visto Por Dentro – inspirou a premiada arquiteta Cristina Menezes a criar o ambiente de sua 10ª participação na mostra. Na Casa de Vidro projetada por ela, a relação com a exuberante natureza brasileira e a integração dos moradores com a área externa são o ponto forte. As paredes e o teto da casa são de vidro laminado, permitindo que quem está dentro tenha total visão do que se passa lá fora. A proteção contra os raios UV é de 100% e o isolamento térmico chega a 71%. A privacidade é garantida: quem está fora da casa não enxerga dentro.Desde a obra, o objetivo foi evitar desperdício e não gerar lixo. A terra retirada para implantação da piscina, por exemplo, foi utilizada no contrapiso da casa. Os materiais utilizados – como piso e deck de madeira certificada, tampo de Corian da mesa de jantar e a bancada de basalto Neolith – reforçam o conceito da sustentabilidade.

Casulo_Crédito_Jomar_Bragança01Casulo_Crédito_Jomar_Bragança02

Fotos Jomar Bragança

3 – Casulo

Bernardo Horta, Giulianno Camatta, Guilherme José e Pedro Lodi

Os jovens e já premiados profissionais Bernardo Horta, os integrantes do escritório MEIUS Arquitetura, Giulianno e Guilherme, e o arquiteto Pedro Lodi estreiam na Casa Cor Minas com o Casulo. Um projeto que utiliza o contêiner como estrutura base e que busca refletir a nova necessidade do ato de habitar. A ideia é atender a pessoas de estilo de vida simples, que buscam conforto e integração. O espaço funcionará como uma barbearia, que poderá ser transformada em casa, mudando a disposição do mobiliário multifuncional. A brasilidade, tema da mostra em 2015, é nítida no ambiente, que utiliza as cores nacionais (verde e amarelo) e tem um jardim com vegetação totalmente brasileira em vasos de barro. Além disso, toda a estrutura do espaço utiliza os tradicionais ferro e aço da indústria mineira.

Container_Office_Bruna_Bonfante_Juliana_Lima_Crédito_Daniel_MansurContainer_Office_Bruna_Bonfante_Juliana_Lima_Crédito_Daniel_Mansur01

Fotos Daniel Mansur

Container Office

Bruna Bonfante e Juliana Lima

Bruna Bonfante e Juliana Lima assinam o Container Office, um escritório itinerante inspirado na percepção da dificuldade de as empresas conciliarem a globalização e consequente mobilidade das pessoas e profissionais. Dessa forma, o ambiente foi pensado para atender a empresas que precisam de escritórios temporários em cidades distantes de sua sede. Pedras de origem brasileira compõem o espaço onde um mapa mundi destaca o Brasil. As profissionais desenvolveram junto ao artista Conrado Almada três relógios que mostram o estilo de vida do brasileiro em Belo Horizonte, Salvador e São Paulo. A maior parte do mobiliário é da Home Office, empresa mineira que deu às profissionais a liberdade de criar novos desenhos para sua linha de móveis planejados.

Casa Cor 2015 - Living Melina MundimCasa Cor 2015 - Living Melina MundimCasa Cor 2015 - Living Melina Mundim

Fotos Rodrigo Tozzi

Living

Melina Mundim

A dinâmica das famílias do século passado que se reuniam após as refeições na sala de estar das fazendas mineiras é a inspiração do Living criado por Melina Mundim para a edição 2015 de Casa Cor. A sala central dialoga com pequenos espaços de convivências, como o canto de relaxar da lareira, escrivaninha, canto da leitura e lounge. Um pergolado de eucalipto é a estrutura do ambiente, que possui paredes de gabião e piso e forro de madeira, todoselementos típicos do Brasil. Um jardim vertical na entrada lembra as matas e objetos como tapete de sisal, almofadas e pufes bordados completam o clima de brasilidade. As mesas de centro têm tronco de madeira e o pendente de cristal é de rocha. Todo o mobiliário é de profissionais nacionais.

Sala_Jantar_Contemporânea_Ana_Carolina_Matos_Crédito_Henrique_Queiroga02

Foto Henrique Queiroga

Sala de jantar contemporânea

Ana Carolina Matos

A Sala de Jantar Contemporânea da arquiteta Ana Carolina Matos busca refletir o estilo de vida dos tempos atuais, em que o ato de receber em casa tornou-se mais despojado e informal. Hoje, os anfitriões participam da reunião com os convidados, mas também preparam a comida e servem os visitantes, exibem um show ou um vídeo, deixando as pessoas à vontade. O ambiente, então, é constituído por uma grande mesa e seus apoios: um espaço dedicado ao preparo da comida e da bebida, com uma bancada, um cooktop, uma pia e um bowl de bebidas geladas. Uma adega vertical compõe a decoração e organiza as garrafas de vinho. Em duas estantes abertas pratos, copos, taças e demais acessórios, junto com adornos, máquina de café e livros diversos. Ou seja, é um ambiente em que tudo está à mão dos anfitriões e convidados. Móveis de Jáder Almeida e luminárias Foscarini.

Suíte_Casal_Ciclista_Lage_Falqueto_Crédito_Daniel_Mansur02Suíte_Casal_Ciclista_Lage_Falqueto_Crédito_Daniel_Mansur01

Suíte_Casal_Ciclista_Lage_Falqueto_Crédito_Daniel_Mansur03Suíte_Casal_Ciclista_Lage_Falqueto_Crédito_Daniel_Mansur00

Fotos Daniel Mansur

Suíte do Casal Ciclista

Bárbara Falqueto e Carolina Lage

Premiadas pela Casa Cor Minas 2009, Carolina Lage e Bárbara Falqueto, do escritório Lage Falqueto Interiores, assinam este ano a Suíte do Casal de Ciclistas. A proposta é apresentar um ambiente inusitado e moderno, traduzindo o jeito de morar de um casal adepto da modalidade. No armário, duas bicicletas e demais acessórios peculiares deste esportista, como capacetes, luvas, roupas e sapatilhas. A parede da banheira é composta por obras de arte, fotografias e quadros que remetem ao universo do ciclista. Os materiais do banheiro buscam lembrar paisagens e caminhos percorridos pelo esportista que mora ali, como um mosaico polígono ferrugem da Mosarte, confeccionado em ardósia, e o granito preto escovado do piso.

Zilda_Santiago_AnaMaria_Diniz_Home_Theater_Crédito_Gustavo_Xavier02Zilda_Santiago_AnaMaria_Diniz_Home_Theater_Crédito_Gustavo_Xavier04

Fotos Gustavo Xavier

Home Theater

Anamaria Diniz e Zilda Santiago

Uma família que gosta de estar junta e que aprecia filmes, música, sofisticação e conforto. Foi pensando neste público que as premiadas arquitetas Anamaria Diniz e Zilda Santiago projetaram o Home Theater. Todos os móveis do espaço, assim como o conjunto de gravuras, foram feitos especialmente para o ambiente. Equipamentos de última geração que propiciam um cinema dentro de casa são uma atração, mas os móveis de design diferenciado e o acabamento bem trabalhado – como o veludo para as chaises, o mármore Armani na parede e a pedra sabão no piso – conferem um charme ao espaço.

Quarto_Jovem_Descolado_Rosângela_Mesquita_Eduardo_Mesquita_Crédito_Jomar_BragançaQuarto_Jovem_Descolado_Rosângela_Mesquita_Eduardo_Mesquita_Crédito_Jomar_Bragança01

Quarto_Jovem_Descolado_Rosângela_Mesquita_Eduardo_Mesquita_Crédito_Jomar_Bragança03

Fotos Jomar Bragança

Quarto do Jovem Descolado

Eduardo Henrique Brandão e Rosângela Brandão Mesquita

O escritório da designer de interiores e do arquiteto participa pela terceira vez da mostra. O ambiente foi projetado para um jovem de 25 anos, moderno, que aprecia design, arte, cultura, moda e adora viajar pelo Brasil. Considerando tal característica, Rosângela e Eduardo Henrique exploraram a brasilidade de maneira elegante, reunindo diversas peças de mobiliário, iluminação, adornos e obras de arte de jovens e renomados artistas. As peças convivem com outros elementos de destaque, como o revestimento de uma das paredes desenvolvido a partir de desenhos de Burle Marx, o piso de taco reaproveitado do projeto original da casa e o painel da cabeceira desenhado pela dupla exclusivamente para a mostra.