O menu é assinado por Miguel Ojeda e pelo chef francês Fabien Helleu

obj_strip_56198_1_full

A batata começou a ser cultivada por civilizações andinas há, aproximadamente, 8 mil anos e o cultivo foi aperfeiçoado pelos Incas. Atualmente, o tubérculo é o quarto alimento mais consumido do mundo, com inúmeras variedades de diferentes cores, sabores e tamanhos que são utilizadas em receitas no mundo todo. “Quem disse que a batata só pode estar em pratos salgados? É uma convenção que a gente pode mudar”, conta o chef venezuelano Miguel Ojeda.

Protagonista em todos os pratos 

Serão duas semanas em que o alimento estará presente desde a entrada até a sobremesa, para os clientes que optarem pelo menu do Primeiro Festival Gastronômico do Fortunello. O evento terá duas semanas e ocorre até 16 de julho, no almoço e jantar.

O menu degustação é dividido em três etapas. Miguel Ojeda elaborou duas opções de pratos para cada uma. O menu simples, com três pratos, custa R$60 e o completo, com seis pratos, R$100 (as duas opções são individuais). “A batata sempre fez parte de experiências que marcaram minha vida. Como bom venezuelano, sou um apreciador dela em diversos preparos: tortilhas, cremes, saladas, doces. As combinações são infinitas”, ressalta Ojeda.

Menu degustação

_Batata strip_56198_0_full
Flor Andina entrada

O jantar começa com a  flor andina  ou o  creme de batata com alho-poró.  O primeiro trata-se de uma porção com chips de batata e salmão curado ao estilo nórdico; o creme de batata é feito com frango e alho-poró na manteiga temperada com pimenta calabresa.

obj_strip_56198_3_full
Duquesa de Camarão

Na sequência, Miguel serve os pratos principais:  duquesa de camarão  – purê de forno com camarões salteados com creme de leite, óleo, gergelim e cebolinha – e o escondidinho de gratin de batatas com ragu de carne de panela e queijo parmesão. O prato é uma releitura do tradicional prato nordestino.

13606980_925910760853065_8365982730084228916_n
Ilha Flutuante

 

Para finalizar, o chef serve a ilha flutuante. A sobremesa é feita com creme de batata, batatas marinadas em molho especial do chef e claras em neve, que dão o aspecto de ilhas, e caramelo. Nesta releitura, o leite de vaca foi substituído pelo leite de batata. A segunda opção é o mil-folhas com creme de confeiteiro, batata e coulis de frutas vermelhas.

Sobremesas francesas

Para a criação das sobremesas, Miguel contou com a colaboração do chef francês Fabien Helleu. Helleu é um importante nome da confeitaria na cidade. O chef veio para Brasília há 19 anos para trabalhar com Daniel Briand. Atualmente ministra aulas de confeitaria e presta consultoria para casas do segmento da capital.

Fortunello Ristorante

Festival Gastronômico do Fortunello: A partir de terça-feira, 5 de julho, até 16 de julho.

Endereço: CLS 206 Bloco A Loja 6

Horário de Funcionamento: De terça-feira a sábado, das 12h às 16h e das 19h à 0h. Domingo, das 12h às 18h.

www.facebook.com/fortunelloristorante/?fref=ts

www.instagram.com/fortunelloristorante/

Anúncios