O SENAI Brasil Fashion é um projeto do SENAI CETIQT que tem como objetivo revelar novos talentos, unindo estudantes do SENAI dos Departamentos Regionais a grandes especialistas em moda.

2016-11-12-photo-00000858

Após selecionar alunos de diferentes estados por meio de edital, eles recebem orientações de estilistas sobre todas as etapas de desenvolvimento de uma coleção – desde o conceito criativo até a confecção das roupas, passando pela concepção da trilha sonora do desfile, escolha do styling e definição da maquiagem e cabelo.

SENAI BRASIL FASHION

O principal momento é o desfile para apresentar as coleções criadas pelos doze alunos selecionados. Eles desenvolveram mini coleções orientados por Alexandre Herchcovitch, Lino Villaventura, Ronaldo Fraga, Lenny Niemeyer, Daniel Ueda, Max Blum e Jackson Araujo, entre outros nomes referência da indústria da moda no Brasil.

SENAI BRASIL FASHION

Um time de super modelos composto por Ana Claudia Michels, Lea T, Carol Trentini, Carol Ribeiro, Fernanda Tavares, Emanuela de Paula, Ana Beatriz Barros, Celina Locks, Gianne Albertoni, Barbara Berger, Isabeli Fontana, Renata Kuerten e Raíssa Santana, a Miss Brasil Be Emotion 2016 cruzaram a passarela para apresentar os looks criados pelos doze alunos selecionados para a edição desse ano do projeto. O desfile aconteceu no Museu Nacional de Brasília.

SENAI BRASIL FASHION

Projeto de capacitação

O Senai Brasil Fashion é um dos maiores projetos educacionais voltado para a capacitação de alunos do SENAI, nas áreas de moda, vestuário e afins. Os alunos selecionados tiveram a oportunidade de participar de um curso de extensão ministrado pelos renomados profissionais de moda.

SENAI BRASIL FASHION

Os 12 jovens estilistas, que apresentaram seus trabalhos foram os seguintes:

Bruno Cardozo da Silva: SENAI RJ

Caroline Novak Contador: SENAI PR

Elda Luiz Ribeiro: SENAI GO

Gabriel Gil Ferreira da Costa: SENAI CETIQT

Hyago Rocha de Oliveira: SENAI CE

Isis Henrique Santos de Oliveira: SENAI MG

Jonhson Cavalcante: SENAI SP

Lucas Batista de Paiva: SENAI CE

Maria Fernanda Nunes Dánzicourt: SENAI PR

Petala Rodrigues Soares: SENAI PB

Roberto Mendes Pereira Junior: SENAI CETIQT

Thiago Tadeu Araujo e Silva: SENAI MG

SENAI BRASIL FASHION

 

Opinião dos estilistas e modelos  

A modelo Lea T, que já desfilou grandes marcas em Paris, adorou a iniciativa de desfilar os trabalhos de jovens promissores. “Curti bastante. Eu sempre gostei, sempre trabalhei com jovens e gosto de apoiar. A adrenalina do estilista é diferente, tudo é muito mais intenso”, avalia.

SENAI BRASIL FASHION

SENAI BRASIL FASHIONSENAI BRASIL FASHIONSENAI BRASIL FASHION

 

Já o estilista Ronaldo Fraga considera que o projeto representa um passo à frente para o ensino técnico, ao reunir profissionais que estão no mercado com quem está começando. “É um grande estímulo. E mais, o ensino técnico no Brasil sempre foi visto com outros olhos. Um projeto como esse humaniza, traz poesia e valoriza o nosso ensino técnico”, afirma.

SENAI BRASIL FASHION

Para Lenny Niemeyer, que participa pela primeira vez do SENAI Brasil Fashion, a iniciativa é incrível. “É maravilhoso esses alunos vivenciarem todo o processo criativo até as passarelas. É altamente motivante e vai colocá-los no mercado de trabalho com mais experiência. É uma iniciativa que eu não tive a chance de viver. Aprendi de uma forma muito mais difícil”, diz.SENAI BRASIL FASHION

Destaques na passarela

Os alunos do SENAI CETIQT, Gabriel Gil e Roberto Júnior, foram destaques no SENAI Brasil Fashion no último dia 11, no Museu Nacional de Brasília. Junto com outros nove alunos selecionados pelo SENAI em todo o Brasil, apresentaram minicoleções com o tema Transformação.

Os estudantes tiveram poucos meses para preparar uma minicoleção com três peças. Para chegar ao resultado da passarela tiveram uma oportunidade inédita: o processo de laboratório de criação com alguns dos maiores nomes da moda brasileira.

O diretor-executivo do SENAI CETIQT, Sérgio Motta, explica que a ideia é alavancar a indústria da confecção no Brasil. “Um fator importante para isso é ter o design como diferencial para a competitividade. Nós estamos, por meio desses alunos, trazendo esse diferencial. Com esses grandes estilistas dando orientações, nós vamos potencializar o conhecimento dos estudantes que vão contribuir futuramente com o setor de confecção”, destaca.