“Roupas com história, emoção e alinhadas ao conceito slow fashion” estão reunidas em  espaço multifuncional no coração do bairro Lourdes.

1

 A Libertas Co-Store é focada exclusivamente no nicho de luxo com a filosofia slow fashion, que pode ser traduzida por consumo  consciente. “A curadoria do espaço selecionou marcas regionais mineiras com design inovador, cadeia produtiva responsável, preço justo e práticas sustentáveis”, dizem os empreendedores da iniciativa, que abriu as portas com coquetel e palestras dos designers e coordenadores.

 Moda, design, arte e gastronomia

O Terraço Libertas, une moda, bem-estar, design, arte, espaço gastronômico, cursos e eventos. “Hoje, mais do que compras, as pessoas querem experiências que acrescentem algo em sua vida. Está ficando para trás a ideia de que o luxo é ostentação e supérfluo. Atualmente, os hábitos de consumo apontam para uma outra relação com a compra. Mais responsável, sustentável, ético. E o consumidor busca por marcas que representem esta atitude. Esta é a ideia por trás do Terraço Libertas, afirma Cláudia Ligório,  head de estratégia e relacionamento do espaço.

Curadoria, marcas e slow fashion

save-the-date-co-store-marcas-c

São 10 brands, com propostas diferenciadas, mas todas unidas pela filosofia slow de fabricar moda com alta-qualidade de produto. O mix da co-store é diverso e criativo reunindo nomes consagrados do design de moda mineiro, marcas que despontam no cenário nacional, apostas e estreias com ponto exclusivo no Libertas.

“Selecionamos e fizemos a curadoria do espaço com que temos de mais incrível e em conexão com valores regionais e internacionais do slow, para garantir uma experiência única de apreciar, tocar, sentir e  interagir com o espaço. Buscamos design com afeto, história e emoção. Peças para colecionar, guardar e viver”, comenta Aldo Clécius, head fashion e trend hunter do Terraço Libertas.

Moda vestuário

  • Regina Misk (manuais, tricô e crochê artesanal)
  • Liana Atelier (design, arte, cool e casual)
  • Denise Valadares (casual del luxe, bordados artesanais)
  • La Mariana (projeto social, resort, casual deluxe, feito à mão)
  • Silva & Co (minimal style, confort, básicos)
  • Trama Atelier (feito à mão, artesanato aplicado)
  • Libertas Garimpo (peças de artesãos do mundo inteiro, garimpadas pela equipe de moda do Libertas)

Bolsas e acessórios

  • Rosa Tollentino (bolsas em tear manual de pedras, esferas e cristais)
  • Heliana Lajes (acessórios e semi-jóias artesanais no crochê de fios de metal)
  • Regina Misk (decoração)
  • Trama Atelier (bolsas em ráfia, couro e tramas naturais)
  • Carlos Penna (acessórios de design contemporâneo, mesclando novos materiais e metal)

Libertas Garimpo  traz acessórios e bolsas de artesãos do mundo inteiro, garimpadas pela equipe de moda do Libertas.

Programação especial gratuita e aberta ao público. Evento no link: www.facebook.com/events/754330778057169/

Link das inscrições para palestras, workshops e mesas de debates:

www.sympla.com.br/terracolibertas

“O Luxo do Século XXI é ter um artigo feito à mão, carregado de amor e carinho” 

Suzy Menkes, crítica internacional de moda Vogue

“Roupas e outros bens de consumo deixarão de ser meros objetos e vão se transformar em sujeitos para construir com as pessoas uma relação mais emocional” 

Rony Rodrigues, fundador da Box 1824, empresa empresa internacional de pesquisa de tendências.

“Este é o momento em que a moda precisará resgatar sua essência, o que deve começar pelas pessoas que fazem moda”. André Carvalhal no livro Moda com Propósito

 55(31) 2526-2015 – www.terracolibertas.com

@terracolibertas

 

 

 

 

 

 

Anúncios